ONG usa dinheiro da Saúde para reformar sede

11/10/2011

Que as organizações sociais (OSs) seriam mais um caminho para desvio de dinheiro, já era notório. O prefeito Eduardo Paes vem, sistematicamente, entregando as verbas da saúde, educação e cultura a OSs, no mínimo, “suspeitas”.

A organização social Viva Comunidade, contratada para gerir unidades municipais de saúde, gastou dinheiro público para reformar dois andares da sede da ONG Viva Rio, na Rua do Russel, 76, na Glória. Inspeção do Tribunal de Contas do Município encontrou notas fiscais que comprovam despesas de R$ 140.721, mas o valor das obras pode chegar a R$ 208 mil. De acordo com o TCM, o Viva Rio é uma “espécie de entidade-mãe do Viva Comunidade”.

Leia na íntegra.